“É hora de fazer valer os milhões em caixa e a quinta posição no índice Firjan” enfatiza o presidente da Câmara Macabu, em tempos de Covid-19

por Câmara Macabu publicado 16/04/2020 23h20, última modificação 16/04/2020 23h18
“É hora de fazer valer os milhões em caixa e a quinta posição no índice Firjan” enfatiza o presidente da Câmara Macabu, em tempos de Covid-19

Clique na imagem para ampliar :)

O presidente da Câmara Municipal de Conceição de Macabu, Toninho da Saúde, voltou a cobrar a implantação de barreiras sanitárias e atendimento humanizado à população que depende dos serviços assistenciais, em tempos de pandemia do novo Coronavírus.

Em seu discurso durante a sessão plenária desta quinta-feira, o chefe do Legislativo criticou o governo municipal pela não criação de barreiras sanitárias nas entradas e saídas da cidade. Toninho da Saúde também cobrou ações quanto à alimentação da população menos favorecida, que tem passado por dificuldades no acesso a cestas básicas, distribuídas pela secretaria municipal de Assistência Social.

- “Nesta semana recebi inúmeras reclamações sobre falta de cestas básicas destinadas aos cidadãos que estão sendo afetados pelo isolamento social. São famílias, comerciantes, ou seja, inúmeros cidadãos que não estão podendo trabalhar, gerar renda, e que infelizmente já sofrem com a falta de alimento. Um casal me relatou que ao procurar os serviços assistenciais do Município, foi informado que ‘cesta básica só em maio’, mas a fome não espera passar o mês”, relatou.

Ao criticar o governo municipal, o presidente foi enfático: “É hora de fazer valer os milhões em caixa e a quinta posição no índice Firjan”, fazendo referência às palavras do prefeito Cláudio Linhares, que durante as últimas prestações de contas à Câmara Municipal, afirmou que o Município possuía 22 milhões de reais em caixa e que a boa gestão nos quesitos da Lei de Responsabilidade Fiscal, levou a Prefeitura ao quinto lugar no índice Firjan.

Ao finalizar seu discurso, o vereador e presidente disse que espera ações concretas do governo municipal e que acredita que no atual cenário de pandemia o mínimo que se pode esperar do poder público é cuidado e zelo pela população macabuense.

error while rendering plone.comments